in

10 excelentes motivos para dares uma “rapidinha”

6. É importante não confundir esta prática sexual com ejaculação precoce: já que na “rapidinha”, apesar do tempo ser curto, o ritmo é controlado e ambas as partes podem sair satisfeitas.

7. Em relacionamentos longos, é a melhor maneira de manter uma vida sexual activa e constante – já que nem sempre os casais que estão juntos há vários anos têm tempo ou disposição para uma noite inteira de sexo.

8. E a história de que só o homem tem prazer não é verdade! Uma “rapidinha” bem dada, com estimulação do clitóris da mulher juntamente com a penetração, pode sim resultar no orgasmo feminino.

9. A satisfação imediata desta prática é o remédio santos para acabar com o stress do dia a dia – adeus mau humor!

10. O nível de excitação e t3são, junto com o ritmo acelerado e o calor do momento fazem da “rapidinha” a oportunidade perfeita para deixares vir ao de cima o teu lado mais selvagem: quente e intenso!