Albinos na Tanzânia andam a ser perseguidos pelas suas partes do corpo

Albinos na Tanzânia andam a ser perseguidos pelas suas partes do corpo

De acordo com o que a imprensa tem reportado, os albinos têm sido “perseguidos e caçados que nem animais” pelos seus membros na Tanzânia. Consta-se que os próprios familiares dos albinos têm trocado partes do corpo dos mesmos em troca de dinheiro.

Consta-se que no país em questão, as partes do corpo de um albino podem trazer riqueza e sorte às pessoas, sendo que existe quem pague mais de 2500 euros por um membro do corpo ou até 60 mil euros por TODO o corpo…

Quem o reportou foi o MailOnline. Como resultado, as pessoas com albinismo são constantemente atacadas por pessoas que têm o intuito de lhes cortar partes do corpo e infelizmente, muitos acabam mutilados e em casos mais extremos, mortos.

O albinismo afecta uma em cada 1,400 pessoas na Tanzânia e para quem desconhece, é uma condição hereditária que causa a falta total de pigmentação na pele, cabelo e olhos. Já se registaram 74 assassinatos e 59 pessoas com albinismo sobreviveram a ataques…

Assustador.