Cão fiel é resgatado, depois de ter ficado 2 meses no gelo à espera do dono, que o abandonou

Cão fiel é resgatado, depois de ter ficado 2 meses no gelo à espera do dono, que o abandonou

Um cão que passou dois meses na neve à espera do regresso do seu dono, que o havia abandonado, foi finalmente resgatado por um grupo de defesa dos direitos dos animais. De acordo com o que reportou o Siberian Times, o cão recusava-se a sair do local onde tinha sido deixado para trás pelo dono, bem perto do porto de Magadan, nas margens do Mar de Okhotsk, na Rússia.

Durante os 60 dias, o animal foi alimentado e vigiado. Temendo pela vida do animal, uma equipa chegou para intervir e resgatou o cão. Ao acordar, já são e salvo, o cão mostrou-se muito agitado, tentando abandonar o local. Aos poucos, ele conseguiu voltar a estar calmo.

“O cão estava a viver no limite do gelo com o mar durante dois meses, recusando-se a sair dali”, disse um porta-voz do grupo que o resgatou.

Inicialmente, os socorristas deram ao cão, que tem traços de terrier russo, o nome de Hachiko, lendário cão japonês que esperou o dono no mesmo local por nove anos. Depois, ao ser adoptado por uma família local, o animal foi batizado de Chernysh.

Felizmente, tudo correu bem.