Casas de alterne em Vizela fecham devido à greve dos combustíveis

Casas de alterne em Vizela fecham devido à greve dos combustíveis

Ora aqui está uma notícia difícil de digerir e que provavelmente vai abalar muito o mercado em Vizela. Acontece que devido à tão falada greve dos combustíveis, praticamente todas as casas de alterne em Vizela estão fechadas, o que está a deixar um grande vazio na cidade do norte do país.

Acontece que de forma surreal, praticamente 90% dos clientes das mesmas casas de alterne, espalhadas por Infias, Santa Eulália ou Santo Adrião de Vizela, por exemplo, são motoristas associados a empresas de transporte de substância perigosas.

Os donos dos estabelecimentos estão assim muito preocupados com as greves porque “pior do que não haver combustível é não haver dinheiro para pagar às profissionais de sexo”. Quem está a ganhar com isto é a casa de alterne que existe para anãs, que até então andava relativamente fraca em termos de movimento (ver AQUI).

Incrível como uma greve numa área consegue afectar outra tão distinta em tão pouco tempo.

OFERTA: Cartão REVOLUT grátis. Pede aqui
 

 
Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.