Enfermeira foi agredida e borrifada com desinfectante por um vizinho que não queria que ela voltasse para casa


Gabriela Sotelo teve uma infeliz surpresa: depois de um dia de trabalho complicado, num lar a tratar de idosos, ela chegou a casa para receber uma sova sem qualquer razão. A mulher chegava a casa depois de um dia de trabalho e foi agredida por um vizinho, que depois disso, decidiu borrifar-lhe desinfectante em cima. O vizinho insistia com a ideia de que não queria que ela voltasse para sua casa.

Tudo isto aconteceu no bairro de Caballito, em Buenos Aires, Argentina. Consta-se que Gabriela e o vizinho já tinham algum historial, sendo que já antes desta situação tinham tido sérios desacatos…


“Vou trabalhar com medo, por não querer deixar a minha mãe e as minhas filhas sozinhas. Não vou sair de casa, quem está mal é ele e não eu”, disse Sotelo ao jornal Crónica. “Cristian Hernán, e não digo o apelido por questões legais, foi denunciado por mim e detido por seis polícias”. Ela mostrou parte das imagens das agressões vividas, como podes ver em cima, e há até um vídeo a circular nas redes sociais onde vemos a mulher a ser borrifada com desinfectante.

Infelizmente, não é a primeira vez que eventos deste género surgem, sendo que já se registaram em diversos países casos de vizinhos agressivos a terem comportamentos absurdos com profissionais de saúde.

Triste.