in

O Estado Islâmico tem um novo alvo: Mia Khalifa foi a escolhida…

Pois é, numa entrevista dada recentemente, Mia Khalifa disse que tem mesmo recebido algumas ameaças de morte por parte do Estado Islâmico.

Mia disse que alguns membros do Daesh publicaram fotos dela coberta de sangue e até mesmo decapitada, isto em diversos sites online. Apesar de afirmar que a situação a assusta, ela afirma que não quer mostrar fraqueza porque é isso que eles querem.

A verdade é que ela já está habituada a ameaças e críticas, apesar de isto ser um patamar novo, e estranho. Depois de ter entrado na indústria adulta, ela esteve no centro dos escândalos nacionais no Líbano.

Mia, uma cristã, foi escrutinada depois de ter surgido um vídeo sexual dela onde ela está a utilizar um hijab. Afirmando que a cena era uma sátira, ela diz que ficou mesmo surpreendida com a raiva despoletada por parte de quem viu.

Agora, nesta situação, ela não deve estar muito confortável…

O Twitter, ainda assim, suspende regularmente contas de membros do Estado Islâmico e de outros que encorajem a violência. Também o Youtube tem começado a remover vídeos da organização terrorista. O Facebook é, possivelmente, a rede social que mais “permite” os jihadistas darem aso às suas manobras.