in

Este ano não há caracóis porque ninguém saiu para os apanhar

Se o verão já vai ser complicado e muito diferente daquilo que conhecemos em Portugal, imaginem depois de ouvirem esta notícia: a Associação Oficial da Apanha do Caracol Saloio de Arroios (AOACSA) veio a público dizer que este ano, nem os meses sem a letra “R” os portugueses terão sorte de apanhar caracóis para comer porque “ninguém pode sair de suas casas para os apanhar”.

Sandro das Nunes, o presidente da associação, explicou: “É um ano atípico por tudo aquilo que nós já sabemos e na apanha do caracol o cenário não é diferente. As pessoas têm permanecido em casa devido à quarentena à qual o coronavírus obrigou e assim, não temos pessoas nas ruas na apanha do caracol para providenciá-los mais tarde às pessoas. Assim, a apanha do mesmo está cancelada, o que em termos práticos significa que a quantidade de caracóis disponíveis para comer no verão vai ser reduzida, ou mesmo nula”.

E Sandro foi mais longe: “Na verdade, o facto de este vírus ter começado devido a alguém ter ingerido um morcego fez muitas pessoas dentro da nossa associação repensarem aquilo que estavam a fazer e assim, estamos a pensar mudar o conceito – por não sabermos o quão nocivos podem ser os caracóis aquando da sua ingestão, estamos em conversações para passarmos da apanha do caracol à apanha da fava, onde passaríamos a ser a Associação Oficial da Apanha da Fava de Arroios (AOAFA)”.

Veremos se tudo isto se confirma…

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.