Actrizes porno revelam como perderam a virgindade

Actrizes porno revelam como perderam a virgindade

 

As estrelas da indústria adulta fazem dinheiro ao serem filmadas a fazer sexo todos os dias. Mas já alguma vez te perguntaste como foi a primeira vez de algumas delas? Se respondeste sim, estás com sorte.

É que algumas estrelas contaram exactamente como foi a sua primeira vez. Confere em baixo!

Dana Vespoli

“Eu perdi a minha virgindade aos 16. O meu namorado tinha 17 anos e também era virgem. Fomos ambos muito técnicos em relação ao acto e a experiência fez-me lembrar aquelas dores que temos que só passam se forem massajadas: dói mas temos que passar por isso. Eu e ele queríamos muito fazer aquilo, usámos preservativo e correu tudo bem. Após a primeira vez, fazíamos sexo constantemente em qualquer lado”.

Teagan Presley

“Foi tão stressante! Não fazia ideia do que estava a fazer. Fi-lo para agradar o meu namorado do secundário com quem já namorava desde o básico. Tinha 17 anos quando perdi a virgindade, mas só passados uns tempos é que aprendi o que estava a fazer e aprendi a fazer sexo oral e tudo o resto…”.

Seth Gamble

“Perdi a minha virgindade quando estava no 6º. ano. Faltei às aulas com a minha namorada da altura e fizemo-lo no meu quarto. Durou uns exaustivos cinco minutos!”.

Angela White

“Perdi a virgindade com o meu namorado do secundário. Estávamos a namorar há dois meses e parecia uma eternidade…infelizmente, não posso dizer o mesmo em relação o sexo. Mas também foi a primeira vez dele. Acho que a cultura da sociedade pede muita pressão aos adolescentes na medida em que faz acreditar que perder a virgindade é um momento extremamente especial e mágico quando, na verdade, quase nunca corresponde a essas expectativas”.

Darcy Dolce

“Estava no secundário. O rapaz com quem andava na altura começou a falar-me dessa ideia. Um dia apareceu em minha casa com um preservativo e disse para fazermos sexo. Não foi nada de especial, quando olho para trás e penso nisso, dá-me vontade de rir!”.

Tanya Tate

“Estava numa festa de Natal na casa de um amigo. Assim, decidi perder a virgindade com um rapaz da minha turma. Havia uma espécie de dispensa perto da cozinha, então tratámos do assunto aí mesmo. Deitei-me, ele meteu o preservativo e meteu-o. Após muito pouco tempo, ele já tinha acabado. Eu lembro-me de ter pensado: ‘É só isto?’. Foi uma festa memorável ainda assim!”.