Estudo afirma que a gravidez pode ser contagiosa

Estudo afirma que a gravidez pode ser contagiosa

Se tiveste sempre a sensação de que as gravidezes entre os teus círculos sociais parecem aparecer todas ao mesmo tempo, então parece que um novo estudo veio sugerir que tudo isso não é simplesmente algo da tua cabeça. De acordo com o estudo em questão, as mulheres que têm amigas grávidas têm mesmo maior probabilidade de se aliarem ao clube das mães pouco tempo depois.

Os investigadores constataram que esta é mesmo uma tendência, especialmente nas mulheres mais novas nos Estados Unidos da América. A verdade é que a decisão das amigas mais próximas em ter um bebé não mostrou ter impacto direto em gravidezes não planeadas.

O estudo seguiu cerca de 1,170 mulheres nascidas nos anos 90, quando eram adolescentes. As participantes foram entrevistadas várias vezes ao longo dos anos e das 1,170 participantes, 820 ficaram grávidas durante o estudo. De acordo com o que as mulheres revelaram nas entrevistas, aproximadamente metade das gravidezes foram planeadas, ao contrário da outra metade. O estudo revelou que depois de uma amiga do círculo de uma participante arbitrária ter um filho, a probabilidade da participante também ter um filho nos dois anos seguintes subia de forma considerável.

Que são dados interessantes, lá isso são.