Estudo comprova que um dia normal de trabalho devia ter apenas três horas

Estudo comprova que um dia normal de trabalho devia ter apenas três horas

Finalmente surgem boas notícias para todas as pessoas que vivem aborrecidas no seu local de trabalho: acontece que um horário ideal de trabalho devia ter apenas três horas e não as oito do costume. E isto não é nenhuma teoria de um gerente cujo objetivo de vida é ir encharcar-se para o bar mais próximo assim que o horário laboral termine.

O estudo foi realizado por investigadores, que decidiram inquirir 1.989 pessoas, tendo descoberto que de uma forma ativa e rentável, as pessoas só passam cerca de 2 horas e 53 minutos do seu horário laboral a trabalhar efectivamente…

Mas afinal de contas, o que fazem as pessoas com as outras quatro horas e sete minutos? Bem, a maior distração são os websites de notícias e/ou entretenimento, onde as pessoas passam cerca de 1 hora e 5 minutos do dia, em média, quando deviam estar a trabalhar.

Outra das maiores distrações são as redes sociais (44 minutos), bem como discutir atividades de trabalho (40 minutos). Constatou-se que muitas pessoas também passam algum tempo do seu horário de trabalho – cerca de 26 minutos, em média – à procura de novos empregos.

Chris Johnson, da Vouchercloud, que liderou o inquérito, explicou ao Sun:

“O local de trabalho moderno tem uma série de distrações, especialmente porque hoje em dia temos os telemóveis sempre na nossa secretária e chá para beber. A verdade é que o inquérito mostrou que as pessoas se distraem mesmo muito facilmente e a produtividade acaba por decair.

Uma pausa de vez em quando pode e deve ser feita – na verdade, muitos líderes de modelos de negócio aconselham a fazer pausas regulares entre o trabalho para aumentar a produtividade. A verdade é que atenderes chamadas de amigos ou companheiros/as e veres as redes sociais pode ser abusar da sorte”.

E esta?

Via: Vouchercloud