in

Fazer amor três vezes por semana pode alargar o teu tempo de vida em até 10 anos

Pois é, para além de melhorar a capacidade respiratória, beneficiar o sistema cardiovascular, combater possíveis depressões e aliviar dores, parece que fazer sexo com alguma regularidade pode mesmo fazer com que vivas mais tempo.

BETANO OFERTA 5€ GRÁTIS

Quem o destacou foi o doutor Adrián Jaime, numa das conclusões mais importantes da pós-graduação que acabou de realizar na Universidade de Harvard. O especialista mencionou que existem casais que se assustam porque depois dos primeiros anos de matrimónio, a frequência sexual diminui e refere: “O verdadeiro motivo de preocupação devia ser o facto de perderem os benefícios para a saúde que o sexo traz”.

De acordo com o estudo realizado por Adirán, fazer sexo três vezes por semana pode alargar o teu tempo de vida em até 10 anos. A excitação sexual e o orgasmo conseguem melhorar a capacidade respiratória, beneficiar o sistema cardiovascular, combater a depressão e ansiedade, ajudar a aliviar as dores e até diminuir sintomas associados com a menstruação e a osteoporose.

O mesmo estudo conseguiu concluir que quanto mais alta é a “frequência orgásmica”, mais probabilidade as pessoas têm de estar saudáveis e que a probabilidade de falecer era 50% menor entre os homens inquiridos no estudo que mantinham relações sexuais três vezes por semana: do outro lado da moeda, aqueles que afirmaram fazer sexo uma vez por mês mostraram uma maior propensão a sofrer diversos tipos de doenças ou complicações de saúde.

O que dizer?