in

Grupo organiza festas para apanharem coronavírus e ficarem imunes

Já tínhamos visto um influencer a ser escrutinado em praça pública depois de ter decidido fazer um vídeo a ir ao supermercado durante o período de quarentena estando infectado com a COVID-19 e agora, um grupo de pessoas que tem o objectivo de ficar imune ao vírus decidiu começar a organizar festas massivas para contraírem o vírus de forma a alcançarem essa imunidade…

BETANO OFERTA 5€ GRÁTIS

O incidente ocorreu nos Estados Unidos e apesar de o departamento de saúde do país ter alertado os cidadãos para o perigo destes ajuntamentos, eles continuam a acontecer, sendo que nestas reuniões são convidadas pessoas com o vírus para que a imunidade possa ser alcançada. No comunicado emitido pelo departamento pode ler-se:

“Temos recebido informações de que andam a ser criadas ‘festas de coronavírus’, onde pessoas não infectadas misturam-se com indivíduos com COVID-19 para apanharem também o vírus. Má ideia! Reunir-se em grupos a meio de uma pandemia pode ser incrivelmente perigoso e põe as pessoas em maior risco de hospitalização e até da morte”.

Só no condado de Walla Walla, em Seattle, cerca de 100 casos de coronavírus foram provocados devido a festas deste tipo e as pessoas que decidiram ir para estes “convívios” não alcançaram nenhum tipo de imunidade, tendo apenas contribuído para o congestionamento dos serviços de saúde.

América, what else?