in

Homem fuma charro de meio quilo para provar às autoridades que era para consumo próprio

 

Este homem estava literalmente a lutar pela sua liberdade e como tal, viu-se obrigado a fumar uma ganza que pesava cerca de meio quilo com a finalidade de provar às autoridades de que o material que possuía consigo era “para consumo próprio”.

O insólito momento teve lugar na Amadora quando Horácio Pívias foi mandado parar numa operação STOP, sendo que as autoridades estavam curiosas para saber o que estava na mala do seu Saxo Cup. Quando a abriram, constataram que ele tinha cerca de meio quilo de cannabis expostos e já a querer levá-lo para a esquadra para que ele pudesse responder por tudo aquilo, sendo que aquele consumo ultrapassava largamente o suposto máximo para consumo próprio, ele utilizou a sua criatividade.

Insistindo com as autoridades, ele explicou que o produto que tinha era para consumo próprio e a polícia disse que eram necessárias provas nesse sentido. Assim, o homem não teve meias medidas: pediu algum tempo aos senhores agentes, fez uma colagem absurda com um pacote de mortalhas king size e fumou, durante cerca de três horas, um charro de cerca de meio quilo. A polícia divertiu-se e acabou por levar o homem para a esquadra no final do momento, onde ele estava, como seria expectável, para lá de aterrado.

Foi um bom esforço, no entanto.

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.