in

Homem gastou mais de 12 mil euros em modificações corporais para se parecer com um zombie

Um modelo e ator oriundo de Londres já gastou mais de 12 mil euros a cobrir mais de 75% do seu corpo com tatuagens e modificações corporais, tudo com o objetivo final de se parecer com um zombie.

Anderson Garcia Rodrigues é uma espécie de celebridade na sua região, Camden Town, e depois de ter feito a sua primeira tatuagem aos 17, o homem de 31 anos de idade tem hoje uma série de tatuagens a cobrir quase todo o corpo, tendo até tatuado um dos olhos.

Para além disso, ele tem piercings nas bochechas, um penteado moicano colorido e uma série de outras coisas que contribuem para o seu look diferente.

Anderson diz que as pessoas estão sempre a abordá-lo para pedir fotografias e não se incomoda com isso. No entanto, existem outros que acham que ele é “feio” ou “maluco” por estar sempre a mudar a sua aparência desta maneira.

Uma pessoa chegou a dizer-lhe que ele não tinha “Deus no coração”.

A verdade é que ele diz que não se importa com a opinião alheia e muitas vezes anda com um cartaz a dizer “help a punk to get drunk” (“ajudem um punk a embeberdar-se”), pedindo doações de 1 libra de qualquer pessoa que queira uma fotografia.

Ele disse: “Sempre me vi como alguém alternativo, que sempre ouviu música diferente e se vestiu de forma diferente. Quando era adolescente, um grupo de amigos introduziu-me ao mundo das tatuagens e dos piercings. Nunca quis ser convencional, por isso aos 17 anos, menti ao tatuador acerca da minha idade e fiz a minha primeira tatuagem, do Kurt Cobain”.

E foi um caminho sem volta. A verdade é que Anderson não pretende parar.

“Sou um ativista punk apaixonado pela liberdade de expressão”, frisa.