in

Homem memorizou o número de 1300 cartões de crédito para roubar os seus clientes

Não há dúvidas de que os japoneses são pessoas do outro mundo: dominam qualquer tecnologia, aproveitam cada recurso que têm e as suas mentes trabalham a todo um outro nível. A verdade é que nem sempre estas enormes capacidades são utilizadas para o bem.

Estamos a falar do caso de Yusuke Taniguchi, que utilizou a sua prodigiosa memória fotográfica para roubar os dados de 1300 cartões de créditos dos seus clientes com o objetivo de fazer compras fraudulentas online…

Este homem de 34 anos trabalhava a part-time numa loja de um estabelecimento comercial em Tóquio. Cada vez que um cliente dava o seu cartão de crédito para realizar o pagamento, Yusuke memorizava numa fração de segundos os 16 dígitos, o prazo de validade, o nome da pessoa e o código de segurança.

Depois esta assombrosa operação mental, ele anotava todas as informações num caderno e com estes dados, realizava compras na internet com os diversos cartões. Certo dia, fez a compra de duas malas no valor de quase 2500 dólares e a polícia acabou por chegar até ele. Quando o prenderam, ele confessou às autoridades que tudo o que comprava, vendia posteriormente em casas de penhoras para cobrir os seus gastos de comida e alojamento.

Absurdo.