Homem obriga a namorada trocar de turno no trabalho 60 vezes para que ela não trabalhasse com outros homens

Homem obriga a namorada trocar de turno no trabalho 60 vezes para que ela não trabalhasse com outros homens

E se te dissermos que um homem britânico fez a namorada trocar de turno no trabalho umas absurdas 60 vezes para que ela não trabalhasse com homens? Kirk Rotherham, de 29 anos, foi indiciado por abuso mas não foi condenado a qualquer pena de prisão.

Acontece que controlar cada aspeto da vida de Hannah Webb, de 27 anos, virou uma obsessão para Kirk. O britânico bombardeava a namorada com mensagens, constantemente a querer saber onde ela estava. Hannah era obrigada inclusive a mandar vídeos para provar que estava onde dizia…

No momento, Hannah trabalhava como enfermeira numa instituição em Dorset (Inglaterra). Kirk verificava a escala e, após confrontá-la com possíveis pacientes do sexo masculino, exigia mesmo que a namorada trocasse de turno. Após o fim do namoro, Kirk continuou a enviar um grande número de mensagens para o telemóvelde Hannah. Mesmo depois de ter sido denunciado à polícia, Kirk enviou, nas 5 horas seguintes, 56 mensagens para a ex-namorada.

Os abusos duraram de abril de 2017 a janeiro de 2018. O namoro havia começado em outubro de 2016, mas tornou-se sufocante seis meses depois, quando Hannah retornou a Dorset após estudar em Nottingham. O juiz do tribunal de Bournemouth que cuidou do caso classificou a atitude de Kirk de “criminosa e desprezível”, mas preferiu não condená-lo à prisão, pela falta de antecedentes criminais.

Ainda assim, ele terá que cumprir 200 horas de serviço comunitário, manter-se afastado de Hannah e frequentar um curso de reabilitação social.

Medo.