Homem passou 10 anos a fingir que trabalhava e a sua empresa nunca parou de lhe pagar...

Homem passou 10 anos a fingir que trabalhava e a sua empresa nunca parou de lhe pagar…

Trabalhar para ganhar o ordenado ao final do mês é algo que a maioria das pessoas tem em comum. Aquelas 8 horas diárias custam mas, não em todos os casos, acabam por compensar ao final do mês. Mas esta história é meio bizarra. Acontece que um homem, basicamente, passou 10 anos a fingir que trabalhava e a sua empresa…nunca deixou de lhe pagar o vencimento.

Acontece que no Quora, uma rede social de perguntas e respostas, alguém fez uma pergunta que deu que falar: “alguma vez trabalharam num lugar onde não fizeram absolutamente nada durante anos e ninguém reparou?”. As respostas foram muitas, sendo que grande parte das pessoas assumiram que de vez em quando, acabavam por existir tempos mortos nos seus empregos.

A verdade é que houve uma história a destacar-se. Shayne Wyatt respondeu com uma incrível, porém verdadeira, história sobre um ex-colega seu, Bob, que fingiu que trabalhou na sua fábrica durante anos e foi remunerado sempre:

“Ele trabalhava comigo numa fábrica de aço. O Bob estava constantemente de caneta na mão e estava sempre a rever os produtos em stock, as etiquetas, as caixas, os contentores de envio. Enfim, ele era amigável, as pessoas gostavam dele e ele tinha uma boa relação com todos os trabalhadores e gerentes.

Bob já estava há 15 anos na empresa e temos que entender que a fábrica em questão era enorme e tinha umas quantas mil pessoas a trabalhar nas três fábricas da mesma propriedade”.

“A certo dia, tivemos uma reunião e chegou-se à conclusão que um dos empregados devia ser supervisor da área de controlo de qualidade e todos perguntaram quem podia fazer esse trabalho. Um dos gerentes decidiu nomear o Bob. Todos nós concordámos prontamente: afinal, ele parecia o melhor homem para tomar posse daquele cargo. O problema foi quando, logo a seguir a nomear Bob, o gerente perguntou: ‘das três fábricas, para qual gerente trabalhas tu?’ e bem, ninguém disse uma única palavra. Nem Bob.

Para não tornar a história enorme, acontece que Bob trabalhava para a empresa há quase 15 anos e recebia sempre, sempre o seu cheque. Nos primeiros 5 anos trabalhou para um departamento que eventualmente se tornou obsoleto e todas as pessoas que lá trabalhavam foram colocadas noutro departamento. Todas excepto o Bob. Ele perdeu-se nessa mudança e sem uma tarefa específica nem um gerente, ninguém prestou atenção ao assunto. Passaram-se mais 10 anos e Bob, sem cargo ou sem fazer absolutamente nada sem ser fingir que trabalhava, ele continuou a ser pago”.

“Foi aí que todos souberam da novidade, incluindo o presidente da fábrica, que só se conseguiu rir da situação. Claro está que Bob foi despedido mas os Recursos Humanos explicaram que ele tinha de receber uma boa indemnização porque apesar de tudo, ele tinha contrato como empregado ali há mais de 15 anos e não teve culpa do que aconteceu”.

Surreal.