in

Homem preso depois de ter passado 8 horas com o pénis preso dentro do ânus de um cadáver

Um trabalhador de uma morgue em Savannah, Geórgia, foi preso depois de ter ficado com o pénis preso dentro do recto de um homem morto. Alfred Mortimer Evans, de 67 anos de idade, ficou cerca de 8 horas dentro do cadáver de um homem de 47 anos, que morreu num acidente de viação.

Quando os seus colegas chegaram ao trabalho, aperceberam-se de que ele estava com o pénis preso no ânus do cadáver. Alfred admitiu de imediato que estava há muitas horas naquela posição e tiveram mesmo de chamar o INEM para o tirar dali.

Os paramédicos demoraram mais de 1 hora a tirar o homem dali, sendo que depois disso Alfred foi imediatamente detido pelas autoridades de Savannah.

Alfred Evans está agora a acusado de 17 crimes, incluindo tratamento indecente a um cadáver, conduta desordeira e posse de drogas ilegais.

Chad Montgomery, advogado do arguido, está convencido de que o seu cliente é mentalmente doente. Assim, pediu avaliação psiquiátrica para determinar se o seu cliente se coaduna para enfrentar um julgamento.

Se for avaliado como mentalmente capaz, ele poderá enfrentar até 85 anos de prisão…

FONTE: World News

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.