in

Homem sob o efeito de ecstasy queima os genitais ao tentar fazer sexo com uma cerca electrificada

Esta rave terminou da pior forma possível para um homem oriundo do Arizona, que depois de ter mandado mais ecstasy do que devia, acabou por tentar ter relações sexuais com uma cerca electrificada, tendo acabado por ficar com queimaduras de terceiro grau na parte inferior do abdómen e nos genitais.

Adam Weinberg, de 26 anos, foi salvo pelos seus companheiros de festa assim que eles se aperceberam de que o homem estava em agonia e incapaz de se levantar por si próprio. Aparentemente, a moca fez com que ele confundisse a cerca electrificada com uma companheira sexual e acabou por levar um choque daqueles…

“Estava com uma moca daquelas. Comecei a festa cedo sozinho e a quantidade de ecstasy que mandei antes de passar para a cocaína arruinou-me. Fiquei realmente excitado e já fora da rave, parecia estar a ver mulheres nuas lindíssimas a dançar, sendo que afinal não era mais do que uma grande cerca. Ao início, a electricidade a percorrer-me o corpo parecia o maior orgasmo de sempre – senti mesmo que os meus tomates iam explodir”.

“Só depois é que senti algo horrível e reparei que tinha os tomates queimados. Cheirava tanto a queimado que quase que fiquei lúcido”, explicou o homem.

Adam Weinberg espera que esta história chegue a mais pessoas como forma de os prevenir e alertar para os efeitos e consequências graves de consumir drogas. Felizmente, ele foi hospitalizado a tempo e encontra-se a recuperar do susto…

FONTE: World News

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.