in

Inaugurada a primeira pastelaria feminista. Os homens pagam o dobro do preço.

Pois é, está mesmo a acontecer. Foi em Aljezur, no distrito de Faro, que abriu a primeira pastelaria feminista de sempre.

A ideia foi de Pureza Nascimento, que diz ter-se sentido muito inspirada depois de ter passado muito tempo a seguir o seu ídolo, Rita Ferro Rodrigues.

Pureza explicou que defende o feminismo com todos os dentes e que é precisa uma mudança. Assim, surge a Padaria Capaz. Nela, todos os homens pagam o dobro do preço pelos produtos, quando comparados com as mulheres. Para além disso, não existem homens a trabalhar no estabelecimento.

“Feminismo é isto. Chega de tantos anos por baixo, é necessária uma emancipação. Feminismo é uma mulher comer um papo seco por 20 cêntimos e um homem por 40. Espero ter sucesso”, disse Pureza à imprensa local.

O que achas da ideia?

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.