in

Kim Jong-Un convida António Costa para assumir a vice presidência da Coreia do Norte

Muito se tem falado sobre a situação pandémica em Portugal. Poucos dias depois de Portugal ter entrado em estado de calamidade, o burburinho aumentou quando se colocou a hipótese da obrigatoriedade do uso de máscara ou até da utilização da aplicação STAYAWAY COVID, algo muito mal recebido por parte das pessoas, que questionaram inclusive a constitucionalidade da medida.

BETANO OFERTA 5€ GRÁTIS

António Costa também foi visado, depois de ter vindo publicamente incentivar as pessoas a descarregar a aplicação, explicando que “odeia ser autoritário mas que é necessário controlar a pandemia”, tendo ido mais longe ao dizer que “as medidas só são autoritárias se as pessoas não as cumprirem já espontaneamente”.

Depois do sucedido, consta-se que o presidente da Coreia do Norte convidou mesmo António Costa para assumir a vice presidência da Coreia do Norte. Alegadas negociações foram mantidas em segredo mas de acordo com informações confidenciais que foram parar à internet de forma indevida, o líder norte-coreano acha que Costa “tem o perfil adequado para ser o melhor braço direito da Coreia do Norte”, sendo que esses valores “foram enaltecidos com os últimos discursos relativos à possível obrigação da utilização da aplicação contra a COVID-19”.

Não se sabe, no entanto, se o acordo vai ser consumado, dado algumas divergências entre os dois indivíduos. Apesar de algumas pessoas dizerem que conseguem encontrar semelhanças, o facto de António Costa apreciar arroz de pato e de Kim Jong-Un ter uma aversão ao mesmo pode tornar tudo bem mais complicado.

Aguardemos.

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.