Mãe defende o ato de fumar charros à frente dos seus filhos


Uma mãe admitiu que fuma erva à frente dos seus filhos mas não se arrepende. Caitlin Fladagar, oriunda de Vancouver, no Canadá, onde o cannabis é legal, foi bastante criticada nas redes sociais, sendo que as pessoas apontaram os seus atos como “perigosos e irresponsáveis, dizendo que fumar à frente dos filhos estava longe de ser “um bom exemplo”…

Através do Instagram, a mãe de dois filhos partilhou uma fotografia sua com uma camisola a dizer: “Primeiro fumo ervo, depois faço coisas”. Depois, disse aos seus mais de 300 mil seguidores: “Sim, sou mãe de dois filhos. Sim, já fumei com os meus filhos por perto e isso não faz de mim má mãe. Quando fumo com eles acordados, o que é raro, mas já aconteceu, é para me acalmar. Não para ficar pedrada ou para ficar no sofá o dia todo. A marijuana tem muitos mais benefícios para além daquilo que se vê nos filmes”.


“A marijuana ajudou-me a ser uma mãe mais paciente, a ganhar o peso que eu precisava de ganhar e às minhas insónias, permitindo-me finalmente ter boas noites de sono. Fumares com os teus filhos por perto não faz de ti má mãe. Algumas pessoas não fumam simplesmente para apanhar mocas e fumar não te faz ficar no sofá o dia todo a ignorar os teus filhos”, concluiu.

Concordas com este ponto de vista?