Massamá: Feminista detida por escravizar sexualmente 4 homens

Massamá: Feminista detida por escravizar sexualmente 4 homens

As coisas não andam nada fáceis por Massamá. Custódia Limão está a dar muito que falar, tendo sido recentemente detida pelas autoridades depois de quatro homens, visivelmente traumatizados, terem apresentado queixa sua na esquadra.

Os quatro homens afirmam que tudo começou enquanto se encontravam no café do costume, a jogar à sueca. Entre jogos, contavam-se piadas e um deles explica que surgiu uma “algo machista”. Para azar deles, Custódia, uma feminista – ou “feminazi”, já tiram as vossas conclusões – estava nesse mesmo café.

Depois de ouvir a piada machista, Custódia foi muito rápida a intervir e rapidamente as palavras passaram a atos quando, com uma pistola apontada, a mulher obrigou os quatro homens a subirem até ao seu apartamento, que ficava bem perto do café onde estavam.

Às autoridades, os quatro homens explicam que foram escravizados sexualmente por Custódia Limão, sendo que ela os obrigou a vestir fatos de cabedal e utilizou ela própria “um strap on com cerca de 27 centímetros”. Assim que aquela sessão de tortura, que demorou cerca de 3 horas, terminou, os homens explicam que ela os mandou sair e disse:

“Nunca ousem meter-se com uma mulher, porque nunca na vida vão ser mais do que uma. Já agora, levem pó de talco, podem vir a precisar”.

A polícia já está em cima do caso.

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.