in

Modelo acusada de quebrar as leis depois de tirar fotos em topless no Dubai

Uma modelo foi muito criticada nas redes sociais por ter tirado fotografias em topless no deserto do Dubai, mas ela insiste que não fez nada de errado porque as suas mãos estavam “a tapar as mamas”.

Luana Sandien publicou as fotografias na sua conta de Instagram há alguns dias e ficou debaixo de fogo depois de ter sido acusada de quebrar as leis e de não respeitar as regras estritas do seu país no que a vestuário diz respeito.

A brasileira de 27 anos de idade foi fotografada no deserto e as ousadas fotografias não agradaram toda a gente.

Em conversa com o Daily Star, Luana disse que “não queria embaraçar ninguém” mas que as pessoas foram muito rápidas a acusá-la de “insultar os ideais e as regras do país”.

Ela disse: “Foi uma das melhores fotografias que já tirei na vida mas não o fiz para embaraçar ninguém. Tive o cuidado de tapar as mamas com as mãos, sabendo que no país é proibido mostrar nudez, e mesmo assim fui ameaçada pelos haters”.

Quando publicou a fotografia aos seus mais de 14 mil seguidores no Instagram, Luana escreveu algo como: “O que dá beleza ao deserto é que esconde um poço de água em qualquer parte”.

Entre os comentários, muitos perguntaram como é que ela não fui presa e um utilizador da redes social disse: “É como fazer topless numa igreja, tu podes pensar que não há nada de mal com isso mas decerto que outras pessoas vão ter uma opinião diferente”.

O que dizer?