Mulher de 95 anos torna-se na pessoa mais velha a recuperar do coronavírus em Itália

Uma mulher de 95 anos de idade que testou positivo para o coronavírus tornou-se mesmo na mulher mais velha em Itália a recuperar do problema. Alma Clara Corsini, de Fanano, em Modena, deu entrada no hospital em Pavullo no dia 5 de março e agora, recuperou na totalidade, depois de o seu corpo ter tido uma “grande reacção”.



De acordo com a imprensa italiana, o estado de saúde da Sra. Corsini melhorou “sem qualquer terapia antiviral” e a mulher falou mesmo com o Gazzetta Di Modena, tendo dito: “Estou bem. Tive boas pessoas do meu lado que cuidaram muito bem de mim e agora, vão mandar-me para casa daqui a nada”. Consta-se que a senhora já está em casa mas durante o tempo que passou no hospital, foi mesmo considerada “o orgulho do staff”.

E com razões para tal…

Notícias que dão alento.