in

Mulher desiste do seu trabalho para ganhar 6 dígitos por mês ao fingir ser um cão

 

Uma mulher de 21 anos de idade que adora festinhas na cabeça e apanhar os brinquedos diz que factura agora seis dígitos por mês ao fingir ser um cão.

Jenna Phillips, oriunda de Austin, no Texas, diz que sente uma enorme conexão pelos amigos de quatro patas, explicando que isso ultrapassa largamente o simples gostar e sentir carinho pelos animais.

Desde pequenina que Jenna se “sentia um cão”, ao ponto de ter passado a infância dela a fingir ser um cachorrinho. Hoje, ela continua a fazer o mesmo, e a ganhar dinheiro com isso…

@yourpuppygirljenna

I’m still thirsty 🥵 ##fyp ##foryou ##prank ##lol ##funnyvideos ##viral ##tiktok ##puppylife ##puppydog ##puppygirljenna ##puppycheck ##puppychallenge

♬ original sound – yourpuppygirljenna

Já em crescida, Jenna visitou uma convenção em Chicago onde conheceu alguns homens que gostavam de “brincadeiras” com animais de estimação e foi aí que ganhou inspiração para fazer algo mais nesse sentido.

Durante os dois anos em que trabalhou numa clínica, Jenna criou a sua conta de OnlyFans para partilhar as suas fantasias com as outras pessoas e nos dias que correm, ela já não tem outro trabalho que não o de publicar conteúdo para os seus seguidores.

A sua conta de OnlyFans alcançou imensa fama e desde aí, ela decidiu abandonar o seu trabalho para se dedicar a uma vida onde finge ser um cão em prol da sua comunidade, que a adora.

Os seus subscritores pagam cerca de 18 euros por mês para ver o seu conteúdo não censurado na sua conta OnlyFans, onde ela apanha a bola, anda por casa de gatas ou toma banho, quase sempre nua.

Jenna faz uns absurdos seis dígitos por mês e diz que consegue fazer muito dinheiro através de vídeos personalizados para os seus clientes, que conseguem pedir coisas muito específicos. Ela disse: “Quanto mais kinky for, mais caro vai ser”.

Ela disse que o máximo que cobrou por um só vídeo rondou os €1100 e que com 21 anos de idade, “sente-se grata por viver de algo que já fazia antes do OnlyFans”.

O que dizer?