Mulher identifica-se como gata e bebe inclusive água de uma tigela

Mulher identifica-se como gata e bebe inclusive água de uma tigela

Kat Lyons é uma felina. A frase não tem qualquer relação com algum tipo de característica, mas com a própria natureza da mulher de 31 anos. Mulher, não. Gata. Porque é assim que Kat se identifica.

E como se não bastasse, ela é uma gata com um companheiro humano. Robrecht Berg, de 52 anos, afirma que Kat ter-se assumido como gata foi o que o atraiu a ela e fez a relação florescer…

A gata trabalha para o Cat Girl Manor, um rancho em Colorado Springs no qual as mulheres se fantasiam de gata para atenderem os fetiches dos clientes. Nesse estabelecimento, Kat descobriu outras mulheres que também se identificam como gata e sentiu-se à vontade usar as orelhas e as garras em público.

“Senti-me confortável. Sempre fui diferente e sempre tive um fascínio por gatos. E sou uma gata. Passo a vida a ser uma gata”, disse a americana ao Daily Mirror. Com as orelhas postiças, Kat diz sentir-se à vontade para ter comportamentos de uma verdadeira felina, como beber água de uma tigela no chão, subir muros ou usar uma coleira.

A vida dela corre perfeitamente bem, mas ela afirma sentir falta do apoio da família…

O que dizer?