Mulher impedida de voar pela EasyJet devido ao seu poderoso decote

Mulher impedida de voar pela EasyJet devido ao seu poderoso decote

Uma mulher foi impedida de entrar num voo da EasyJet porque tinha um “decote muito usado”, de acordo com o que reportou a imprensa. Harriet Osborne, de 31 anos de idade, foi impedida de embarcar porque de acordo com a comissária de bordo que lidou com ela, o seu decote era muito revelador e iam crianças a bordo, pelo que tudo aquilo era considerado inadequado.

A maquilhadora, que não estava a utilizar um soutien mas tinha os mamilos tapados, teve mesmo de dormir no chão de um aeroporto em Malaga com uma amiga, sendo que só conseguiu apanhar avião para casa no dia seguinte. Harriet explicou:

“A tripulação era horrível e fizeram-me sentir muito, muito mal. A comissária de bordo confrontou-me em frente a toda a gente e disse que não permitia que eu embarcasse com aquele top. Como se não bastasse, ainda me tentou tapar o corpo com as minhas mãos”.

Eventualmente, ela acabou por ceder e não embarcou: “Fiquei em choque. Achei aquilo de um sexismo hediondo. Comecei a chorar e ainda estivemos a falar com as autoridades espanholas, que ficaram incrédulas quando lhes explicámos o porquê de não termos conseguido embarcar”, disse.

O que dizer?