in

Mulher com quase 200 kg processa jardim zoológico em depois de hipopótamo ter fugido e tentado violá-la


O Paris Zoological Park está a ser processado depois de uma mulher afirmar ter sido violada por um hipopótamo que escapou desse jardim zoológico há uns dias atrás.

Aparentemente, o animal conseguiu escapar depois de uma grande tempestade durante a noite ter derrubado uma árvore, o que fez com que a barreira de segurança da sua jaula tivesse sido danificada.

Geraldine Boudin, de 54 anos, dona de uma padaria ao pé do jardim zoológico em questão, está a processar a administração do estabelecimento depois de afirmar ter sido violada pelo hipopótamo depois da sua fuga, quando estava a voltar para casa no fim do trabalho:

“Primeiro, não conseguia acreditar no que estava a ver. Estava petrificada. Ele começou a correr em direcção a mim, atirou-me para o chão e montou-me, começando a fazer grunhidos”, afirmou à imprensa local, visivelmente traumatizada.


“Tudo o que me lembro é de ter tentado escapar do seu enorme pénis erecto e gigantes testículos, que estavam a roçar imenso na minha cara”, explicou.

Boudin afirma que o animal pesadíssimo acabou mesmo por ejacular depois de ela o ter masturbado com os pés. Depois disso, ele deixou-a finalmente em paz.

Helena Cozumel, professora de Biologia na Universidade de Versailles, acredita que Boudin tem sorte em estar viva, depois de apenas ter sofrido umas costelas fracturadas:

“Estamos a falar de um hipopótamos a pesar quase tonelada e meio em cima de uma mulher que pesa cerca de 190 kg. Ela tem simplesmente sorte em estar viva”, explicou aos repórteres locais.

“Provavelmente o animal confundiu-a com um pequeno hipopótamo fêmea porque era de noite. Se ela não o tivesse masturbado com os pés, fazendo-o ejacular, quem sabe o que se poderia ter passado com ela?”, completou.

Surreal…

FONTE: World News

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.