in

Mulher virou garrafa inteira de cognac avaliada em 150 euros para não a deixar na segurança de aeroporto


Quando falamos em pessoas de honra e valores, devíamos falar desta mulher. Nem todos os heróis usam capa, meus amigos.

Foi em New Hampshire, Estados Unidos da América, que uma mulher de 35 anos se deparou com uma situação deveras complicada quando ia viajar de avião. Um verdadeiro impasse. Quando se dirigia para o avião, teve, como qualquer outra pessoa, que passar na segurança.

Acontece que ela acabou por ser parada devido a uma garrafa de cognac, avaliada em 150 euros, que trazia consigo na mala. Os seguranças disseram que a garrafa não podia ir com ela, mesmo com muita insistência da sua parte.



Chateada com toda a situação, ela não queria deixar aquela garrafa, que não devia ser nada má a julgar pelo seu valor, com a segurança. Assim, disse aos seguranças “então esperem um bocado”. Abriu-a ali, em frente a todos eles, e bebeu-a TODINHA.

Até ao fim. Que par de tomates os desta senhora. De seguida, seguiu, como se nada tivesse acontecido. O que aconteceu no avião já não se sabe…

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.