in

No Reino Unido, já andam a treinar cães para detectarem o coronavírus

 

No Reino Unido, já começaram a treinar cães para detectarem o coronavírus nos humanos, como parte de uma nova investigação. Os “cães COVID” andam a ser treinados e o objectivo é perceber se podemos estar perante um novo método, menos invasivo do que os que já existem, para detectar o vírus, ainda antes dos sintomas começarem a manifestar-se.

Os investigadores da London School of Hygiene & Tropical Medicine (LSHTM) vão levar a cabo a primeira fase de testes, em colaboração com a Medical Detection Dogs and Durham University e com 500 mil libras de apoio por do estado. O objectivo é determinar se os cães são capazes de detectar o coronavírus nos humanos através de amostras de odores…

Se a medida tiver sucesso, os cães vão conseguir providenciar um método de detecção rápido e não-invasivo e a primeira fase do teste envolve todo o staff do Serviço Nacional de Saúde em Londres, sendo que estes vão recolher amostras de odor de pessoas infectadas com coronavírus e de pessoas não infectadas, para que os caninos consigam treinar e identificar as diferenças entre as amostras contaminadas e não contaminadas.

Veremos se têm sucesso.