Overdose de cannabis: a 1ª vítima mortal é uma mulher

Overdose de cannabis: a 1ª vítima mortal é uma mulher

Foi nos Estados Unidos da América que supostamente uma mulher morreu com a primeira overdose de THC, apesar de os especialistas duvidarem da conclusão que foi tirada. O THC é o ingrediente ativo na cannabis e é conhecido por ser uma das poucas drogas onde apanhar uma overdose é notoriamente difícil.

De acordo com o que reportou o Independent, grande parte das mortes que derivam do seu uso estão associadas a problemas cardíacos que já existiam anteriormente à presença da droga no sistema da pessoa, pelo que não dá para relacionar o consumo com a morte.

No entanto, o médico legista Christy Montegut, do Louisiana, confirmou que uma mulher de 39 anos de idade morreu em fevereiro por ter feito ‘vape’ de óleo de THC.

Em conversa com o New Orleans Advocate, Dr. Montegut disse: “Parecia que tudo se devia ao THC porque a sua autópsia não mostrava qualquer tipo de doença ou problema físico que pudesse causar a sua morte. Na toxicologia, não foi encontrada qualquer outra substância para além do THC. Nem drogas, nem álcool. Não havia mais nada”.

O médico afirma que a mulher inalou muito óleo de THC e acabou por ficar com índices elevados no seu sistema, que fizeram com que deixasse de conseguir respirar. A toxicologia mostrou que a mulher tinha 8.4 nanogramas de THC por milímetro de sangue no seu sistema.

O que dizer?