in

Padre católico que morreu durante 48 minutos afirma que Deus é uma mulher

Um padre católico de Massachussetts foi oficialmente dado como morto, tendo permanecido assim durante 48 minutos até que, miraculosamente, os médicos conseguiram “reiniciar” o seu coração para o trazer à vida. Durante esse tempo, o padre John Micahel O’Neal afirma que foi para o céu e que conheceu Deus, que descreve como uma querida e confortante figura maternal.

O homem de 71 anos foi para o hospital devido a um ataque cardíaco e foi declarado como clinicamente morto pouco tempo depois de lá ter chegado. Com a ajuda de uma máquina de tecnologia de ponta chamada LUCAS 2, que conseguiu manter o sangue a circular no seu cérebro, os médicos no Massachusetts General Hospital conseguiram desbloquear-lhe as artérias vitais, fazendo-o retornar ao seu ritmo cardíaco normal.

A equipa médica foi com medo de que o homem tivesse sofrido danos cerebrais mas ele acordou 48 horas depois e parecia perfeitamente recuperado…

O homem afirma que tem imagens claras na cabeça do que se passou enquanto estava morto. Ele descreve que sentiu a sua alma a sair do seu corpo, sentindo também uma sensação de amor incondicional e aceitação quando viu a luz e se sentiu rodeado por ela.

Afirma que chegou a ir ao céu e conheceu Deus, que afirmou mesmo ser uma mulher:

“A sua presença foi avassaladora e muito confortante. Ela tinha uma voz doce e suave e a sua presença fez-me sentir diferente. O facto de Deus ser uma Mãe Sagrada em vez de o Pai Sagrado que todos pensávamos não me perturba, ela era tudo o que eu sempre esperançava e muito mais”, afirmou o padre.

Apesar da polémica causada dentro da Igreja Católica, o padre afirma que continuará a dedicar a sua vida a Deus e a espalhar a palavra da “Mãe Sagrada”.

A Diocese Católica Romana de Boston ainda não confirmou, no entanto, se dará permissão a O’Neal para continuar a exercer as suas funções na paróquia onde se encontrava…

FONTE: World News

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.