Pai morre de hipotermia para proteger a sua filha do frio


Dizem que um pai é capaz de dar a sua vida pelos filhos e esta trágica história é a confirmação de que a frase é muito verídica. Prasarn Homthong, de 38 anos de idade, morreu de hipotermia depois de ter abdicado de um cobertor para proteger a sua filha do frio.

Uma intensa onda de frio está a gelar a Tailândia e quem mais sofre são aqueles que têm muito poucos recursos económicos, uma vez que não têm a possibilidade de se protegerem do frio convenientemente. Prasarn não tinha dinhheiro suficiente e a casa que ocupava juntamente com as suas filhas de 8 e 14 anos ainda não estava terminada, pelo que o frio “aparecia” por todas as ranhuras.


Parece incrível mas eles não tinham sequer dinheiro suficiente para comprar mais roupa e mantas e todas estas condições juntaram-se para que uma desgraça acontecesse. O pai, que apenas vestia uma t-shirt e calções, deu a única manta que tinha a uma das suas filhas, que estava cheia de frio, antes da hora de irem dormir. Durante a madrugada, a temperatura baixou e com o ar gelado que entrava por todas as partes da casa, o corpo do pai não resistiu. A hipotermia é uma diminuição involuntária da temperatura corporal e a temperatura do corpo de Prasarn desceu até ao ponto em que não havia muito a fazer…

Quando as filhas acordaram de manhã, depararam-se com o pai morto ao lado delas…

As autoridades foram rapidamente chamadas ao domicílio e confirmaram a morte do pai, que fez um sacrifício extremo por quem mais amava.

RIP.