in

Pedófilo é assassinado na prisão pelo irmão de uma das suas vítimas

Um pedófilo de idade avançada, que foi preso por ter violado várias crianças, foi assassinado pelo seu colega de cela, que era o irmão mais velho de uma das suas vítimas.

Robert Munger, de 70 anos de idade, foi morto dentro do Airway Heights Correctional Center em Spokane, Washington (Estados Unidos) por Shane Goldsby, cuja irmã mais jovem havia sido vitimizada por Munger.

O que ninguém conseguiu apurar aqui foi o porquê de ambos terem sido colocados na mesma cela em primeiro lugar.

Sabe-se, de acordo com documentos oficiais do tribunal, que Goldsby atingiu Robert na cabeça e na cara cerca de 14 vezes, pontapeando ainda o homem na cabeça cerca de 4 vezes antes de ser parado.

Robert Munger tinha sido sentenciado a 43 anos de prisão por sete acusações de violação a menores e quando os motivos que levaram à sua detenção começaram a circular entre os reclusos, foi apenas uma questão de tempo até o homem ser um alvo.

Agora, Goldsby vai ter de responder por homicídio premeditado. Em declarações, ele admitiu ter ficado “chocado” por ter calhado na mesma cela do que Munger, tendo dito: “Fiquei muito surpreendido, porque isto não acontece. Estamos a falar da mesma prisão, da mesma unidade e da mesma cel. Foi como ganhar um jackpot no casino sete vezes”.

Que situação.