Polícia russo afirma ser Jesus Cristo e há quem acredite nele

Polícia russo afirma ser Jesus Cristo e há quem acredite nele

Há mais de dois mil anos, o filho de Deus, de acordo com a religião católica, chegou à Terra para salvar a humanidade do pecado.

Agora, em pleno 2017, surgiu alguém que diz mesmo ser uma reencarnação de Jesus Cristo. Aparentemente, ele está na Rússia: Sergey Anatolyevitch Torop, que era polícia de trânsito na Rússia, assegura que é filho de Deus e que está de volta a este mundo. Há quem já lhe chame de “Jesus da Sibéria”…

Sergei foi membro do exército e acabou por se tornar agente de trânsito, se bem que a profissão não durou muito tempo – ele decidiu estabelecer a sua comunidade espiritual em Tiberkul.

Pelas vestimentas e pala barba, ele parece-se mesmo com aquela projecção de Jesus Cristo em que muita gente acredita e o mais incrível é que há quem acredite mesmo que ele é Jesus: ele tem seguidores que seguem veemente as suas palavras!

O “Jesus da Sibéria” tem 56 anos e cerca de cinco mil seguidores com ele, entre os quais intelectuais e artistas.

Depois de ter abandonado o seu trabalho como polícia de trânsito na pequena cidade de Minusinsk, ele afirma que se despertou alguma coisa no seu interior, e diz ser “a segunda vida de Cristo”.

Diz-se que Jesus Cristo foi enviado para a Terra para ensinar a humanidade acerca dos males da guerra e do mal que estamos a fazer ao meio ambiente. Agora, os seguidores deste “Jesus da Sibéria” deixaram de celebrar o Natal casual, sendo que o deles passou a ser no dia 18 de agosto – o dia em que ele deu o seu primeiro sermão. De igual forma, agora eles contam o tempo desde que Sergey nasceu, por isso eles estão no ano 56.

Cerca de 300 dos seus seguidores abandonaram a vida que tinham para se dedicarem a estar com ele a tempo inteiro: são vegetarianos, não fumam, não bebem álcool e até vivem ao lado da igreja que Sergey construiu.

O que dizer em relação a isto?