Praga de galos selvagens invade Nova Zelândia depois de o país ter vencido a COVID-19


Nem no filme mais bizarro conseguiríamos ver o que se está a passar no mundo: depois da pandemia do coronavírus e da nova normalidade que temos, alguns países parecem estar com problemas realmente estranhos. Na Nova Zelândia, uma nova praga de galos selvagens está a ser cada vez mais difícil de controlar e não, não se trata de nenhuma partida.

Ao que parece, as medidas para conter a pandemia do coronavírus foram as correctas na Nova Zelândia, porque recentemente, as autoridades do país anunciaram que o período de quarentena terminou. Infelizmente, veio-se a saber que Auckland tem neste momento uma verdadeira praga de galos. Aparentemente, o tempo que as pessoas tiveram trancadas em casa foi aproveitado pelos galos selvagens para desbravarem novo território…e conquistá-lo.

Têm sido imensos os galos avistados por ruas e jardins de Auckland…


Apesar de engraçado, isto tem sido um verdadeiro problema para alguns, uma vez que os galos e o seu cacarejar têm impedido de dormir alguns cidadãos. Greg Presland, presidente do conselho público encarregue pela situação, manifestou que Titirangi é onde se manifesta a maior presença dos animais e de acordo com ele, se alguns cidadãos acharam “pitoresco” o facto de andarem vários galos a vaguear pela cidade, outros acham aterrador.

Aparentemente, o plano não passa por exterminá-los mas sim por realojá-los.

Que situação…