Proprietário de casa de alterne em Vizela acusado de "minar" clientes com Viagra

Proprietário de casa de alterne em Vizela acusado de “minar” clientes com Viagra

Vizela tem estado na boca do mundo. Agora, o proprietário de uma casa de alterne está a ser acusado de “minar” os seus clientes com Viagra, de forma a que estes tenham de gastar o seu dinheiro com as meninas do estabelecimento, e isto tem-lhe trazido bastantes problemas.

A. Saraiva, de 52 anos de idade, viu mesmo o seu estabelecimento a ser encerrado há uns dias pelas autoridades competentes, devido à acumulação de queixas. Consta-se que na última semana em que a casa em questão esteve aberta, o lucro feito ultrapassou os 50 mil euros.

A. Saraiva nega tudo mas existem alguns clientes habituais a queixar-se do que se andava a passar lá ultimamente. A. Moita, que passava lá muitas das suas noites, contou à imprensa local:

“Já vou às meninas a esta casa em Vizela há muito tempo, desde que o meu falecido pai me introduziu o espaço. Tinha sempre tudo controlado, a mesada que a minha mãe me dava era o limite que eu podia gastar. Mas nas últimas semanas, especialmente depois do patrão estar perto de mim e da minha bebida, tenho estado super aceso.

Quem é que vai pagar o crédito que contraí com a Cofidis? Pois é. O senhor A. Saraiva minou-me com aqueles comprimidos que levantam o pau e fez-me afundar nas meninas, e a verdade é que não pode sair impune por isto!”

Muitos são os clientes a queixar-se, dizendo que A. Saraiva colocava Viagra nas bebidas. Começaram a desconfiar e a verdade é que isso levou ao encerramento temporário do bar de alterne.

Veremos o que acontecerá agora…

Fonte: notícias de m3rda

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.