Prostituta dá tiro na cabeça a cliente porque ele "não estava a lamber bem o grelo"

Prostituta dá tiro na cabeça a cliente porque ele “não estava a lamber bem o grelo”

Está tudo maluco: pelos vistos, podes levar um tiro nos cornos da prostituta a quem pagaste para te divertires. De acordo com o NYPost, uma prostituta em Washington deu dois tiros na cabeça do seu cliente porque ele estava a praticar o sexo oral de uma forma muito pouco satisfatória.

Marissa Wallen, de 21 anos, alegadamente roubou a carteira e a arma do seu cliente, deixando-o às portas da morte e levando com ela $12,000!

Quando a polícia foi ver dele, ele foi encontrado com vida, sendo que estava encostado a uma parede com sangue seco na cabeça. Ele não conseguia falar, por isso as autoridades falaram com ele através de linguagem gestual. A vítima indicou que conhecia quem o atacou mas não conseguiu providenciar o nome.

Algumas filmagens de segurança do apartamento revelam que a prostituta já havia visitado o homem cinco vezes durante todo o mês de outubro. Como ela chegou a utilizar o cartão de crédito dele, as autoridades conseguiram chegar à sua morada em Mount Vernon, Wash.

Quando confrontada com evidências, ela tentou encontrar desculpas até finalmente admitir que deu dois tiros na cabeça do homem “porque ele estava a praticar sexo oral mal”. Wallen, que tem uma filha de 11 meses, foi acusada de diversos crimes e provavelmente ficará algum tempo presa.

De acordo com o que foi reportado, o homem contratava várias acompanhantes e prostitutas e era frequentador de um bar de strip em Seattle, onde estava constantemente a gabar-se do dinheiro que ganhava e dos pertences que tinha em sua casa.

Em tribunal, Marissa Wallen foi condenada a prisão e a sua fiança ficou estabelecida em 1 milhão de dólares.