Psicólogo explica que trocar de companheiro/a a cada 5 anos é o segredo para a felicidade