Quanto mais rabugento és, mais tempo vives, reporta um estudo recente

Quanto mais rabugento és, mais tempo vives, reporta um estudo recente

Parece que alguns de nós vão ficar cá por muitos e muitos anos, não é verdade? Dizem sempre às pessoas para elas serem felizes, sejam os amigos mais próximos ou as frases inspiradoras que surgem no Facebook. Até existe um índice de felicidade que determina o quão felizes as pessoas de determinado país são.

Aparentemente, o país mais feliz do ano foi a Finlândia, sendo que previamente haviam sido a Noruega, a Suiça e a Suécia. A verdade é que de acordo com a BBC, em média, quanto mais rabugento fores, mais probabilidade tens de ser um bom negociador e de tomares boas decisões. Surpreendentemente, também tens menos probabilidades de teres um ataque cardíaco…

via GIPHY

Para além disso, o estudo que foi feito comprovou que as pessoas mais rabugentas da sociedade são aquelas que mantêm os casamentos mais sólidos e inclusive são aquelas que ganham mais de salário, em média.

O mesmo estudo aponta que as pessoas que são algo mais positivas e felizes com a vida em geral podem ser um pouco mais ingénuas, sendo que podem entrar mais facilmente em comportamentos de risco como o consumo de álcool, má alimentação e até o uso de drogas.

Claro que isto não significa que basta seres um c*brãozinho para as pessoas que a vida te vai correr melhor por magia. Não é bem assim que funciona.

Para além disto, em 2009 foi feito outro estudo na Universidade de Amesterdão que sugeriu que ser uma pessoa mais “mal disposta” pode ajudar as pessoas a pensar fora da caixa e a serem mais criativas.

Para mais evidências, em 2010 um estudo confirmou mesmo que suprimir a raiva pode mesmo ter impactos negativos na saúde de um paciente.

És rabugento/a?