Realizou-se com êxito o primeiro transplante de cabeça humana na história

Realizou-se com êxito o primeiro transplante de cabeça humana na história

O primeiro transplante de cabeça foi levado a cabo com êxito na China. Já desde o final do ano passado que esta operação estava a ser planeada, operação essa que contou com a participação de 150 médicos e que teve tinha uma duração estimada de 36 horas.

Ainda assim, não se utilizou uma pessoa viva mas sim um cadáver (não identificado). Basicamente, a cirurgia serviu para comprovar que de facto esta operação pode ser realizada e até em menos tempo do que o previsto: durou 18 horas e foi realizada pelo médico chinês Xiaoping Ren.

As conclusões desta operação foram anunciadas por Sergio Canavero, o director do grupo de neuromodulação avançada de Turim, que assegurou que com esta experiência é possível reconectar a coluna vertebral, os nervos e os vasos sanguíneos da cabeça em outro corpo:

“Realizou-se o primeiro transplante em cadáveres humanos. A próxima etapa é um intercâmbio completo entre os doadores de órgãos com morte cerebral. Esse é o passo final para o transplante de cabeça”.

Em 1970, levou-se a cabo um transplante de cabeça no corpo de um macaco e, apesar de ter sido um êxito, o macaco conseguiu viver apenas 8 dias porque a espinha dorsal não foi conectada de forma correcta, impedindo-o de se mexer e de respirar.

Agora, 47 anos depois dessa experiência, a tecnologia avançou o suficiente para vermos esta operação a funcionar…