Sintomas de coronavírus voltam a ocorrer em 91 pacientes da Coreia do Sul

As entidades de saúde sul coreanas anunciaram esta semana que 91 pacientes que recuperaram da COVID-19 viram o vírus ser “reactivado”, esperando então que muitos desses voltassem ao hospital. A nova tendência, de acordo com eles, ainda está para perceber, dado que as investigações epidemiológicas ainda estão a decorrer. Também não ficou claro se os pacientes recuperados da COVID-19 ficam automaticamente imunes de voltar a contrair o vírus.

Numa conferência de imprensa, o diretor do Korea Centers for Disease Control and Prevention (KCDC) Jeong Eun-kyeong disse que esses 91 pacientes que pensavam que já se tinham livrado do coronavírus voltaram a testar positivo. Ele suspeita de que eles não foram infectados novamente mas sim que o vírus voltou a ocorrer, ou como ele descreveu, “reactivou-se”.

Ele disse que a reactivação da COVID-19 continua por perceber, dado que as investigações epidemiológicas continuam a decorrer. Jeong também disse que esta possível reinfecção é um problema sério, especialmente porque grande parte dos países esperam que as pessoas infectadas desenvolvam imunidade suficiente para prevenir a recaída da pandemia.

O professor de uma universidade coreana disse que o governo da Coreia do Sul está à espera que a reactivação do vírus aumente no país, dado que já mais de 7,000 pessoas recuperaram da COVID-19. Para além destas possibilidades, o professor disse que os pacientes basicamente passaram por uma “recaída”, sendo este o termo mais correcto, e não por uma “re-infecção”.

O que dizer?

OFERTA 5€ COM O CÓDIGO: GRATIS5 ⤵️