Venezuelanos a sofrer com falta de gasolina decidem instalar bilhas de gás nos carros


A crise de abastecimento de combustíveis tornou-se um problema sério na Venezuela e a solução encontrada por muitos donos de carro consiste em utilizar nos veículos bilhas de gás usadas geralmente em cozinha. A prática, condenada por especialistas em segurança industrial por causa do risco de explosão, está a tornar-se cada vez mais comum no país sul-americano, de acordo com a agência Reuters.

A Venezuela, um membro da OPEP e que está no topo das maiores reservas de petróleo do mundo, está a sofer a pior crise de falta de gasolina da sua história moderna devido a um colapso quase completo das suas refinarias. Para além disso, as sanções económicas impostas pelos EUA dificultam ainda mais a importação de combustível.


Os mecânicos, e em alguns casos os próprios motoristas, renovam os sistemas de combustível dos veículos com um cilindro de propano usualmente concebido para fogões de cozinha com o intuito de evitar as filas em postos de gasolina, que às vezes deixam as pessoas à espera durante dias para abastecer. Muitas das bilhas utilizadas estão em péssimo estado de conservação.

“Não há combustível na Venezuela e eu tive que montar isto no meu carro para poder trabalhar e levar para casa o meu pão diário”, disse Senen Aguirre, 25 anos, na cidade de Maracaibo.

Surreal.