Vídeo mostra a poluição do ar na China a diminuir drasticamente devido à quarentena, consequência do coronavírus


A Agência Espacial Europeia lançou um vídeo recentemente a mostrar o decréscimo da poluição no ar na China depois de o país inteiro ter ficado restrito ao espaço de suas casas devido ao surto do coronavírus. As diferenças nas emissões de dióxido de nitrogénio são bem visíveis.

Confere:


A animação, baseada em dados recolhidos pelo satélite Copernicus Sentinel-5P, mostra as emissões de dióxido de nitrogénio, que é produzido na queima de combustíveis fósseis na China, entre 20 de dezembro e 16 de março.

A Agência Espacial Europeia reportou: “A queda nas concentrações no final do mês de janeiro é visível, coincidindo com a quarentena cumprida por toda a nação. No início de março, quando as medidas de restrição começaram a ser levantadas levemente, os níveis de dióxido de nitrogénio já voltaram a subir”.

O que dizer?