Vizela vai ser a primeira cidade portuguesa a ter uma casa de alterne móvel

Vizela vai ser a primeira cidade portuguesa a ter uma casa de alterne móvel

Já toda a gente sentia falta de boas novas vindas da “Las Vegas” da tuga, não é verdade? Nesta vida, poucas coisas são mais certas do que Vizela se encontrar na vanguarda no que a javardice diz respeito e para manter esse estatuto, existem novidades.

Um jovem empreendedor, Frederico Duarte Bettencourt Azevedo, constatou que o mercado de casas de alterne em Vizela se encontrava fortíssimo e quase impenetrável. Afinal, já existem muitas casas a operar e em todos os pontos da região e assim, ele quis ir mais longe – porque não criar uma casa de alterne móvel?

Assim, Frederico juntou-se a uma equipa para planearem todo o produto e consta-se que mais uma vez, Vizela vai estar na linha da frente a nível nacional por ser a primeira cidade portuguesa a ter uma casa de alterne móvel. O plano é ter um pequeno bloco que todos os dias, ou a cada dois dias, se encontrará numa freguesia diferente, podendo proporcionar uma experiência diferente a toda a gente da região.

A casa móvel já se encontra em construção e terá um varão de strip, claro está, bem como duas pequenas salas privadas e até um mini bar, para que não falte nada aos clientes. Frederico acha que esta é uma boa oportunidade e o facto de serem os primeiros a entrar no mercado com este modelo de negócio pode ser uma vantagem.

Curiosos?

Nota: Artigo fictício/satírico/humorístico. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade, é meramente ficcional.